quinta-feira, 4 de julho de 2013

Traduzir-se

Sonso: adj. Que esconde seus defeitos ou se faz de inocente e tem um comportamento contrário àquilo que realmente é; que oculta suas reais intenções, se fingindo de bobo; enganador ou dissimulado.
s.m. Indivíduo fingido; pessoa que é dissimulada; manhoso.


É tão bom acordar e pensar coisas boas, acho que os primeiros pensamentos ao acordar podem dar o tom do nosso dia.
Manter a cabeça focada e pensando legal é um exercício.

E é aí que chego ao ponto que queria: como é difícil ser do bem com tanto hipócrita por aí! Tem gente que abusa - fala sério. 

Tenta-se ficar surdo, mas é impossível, o zum zum dos sonsos é muito audível. São pequenas doses de veneno destiladas ao vento... Seja na fila do ônibus, na fila da padaria, na fila do supermercado, eles estão ali, sussurrando, destilando. São pequenas mediocridades que fazem com que a volta para casa, para junto do conforto da família sejam reconfortantes.
Pensamento positivoooo, gente. Mais humor, mais amor, mais sorrisos. Pega leve kkkkkk


  Traduzir-se (Ferreira Gullar)

Uma parte de mim
é todo mundo:
outra parte é ninguém:
fundo sem fundo.
Uma parte de mim
é multidão:
outra parte estranheza
e solidão.
Uma parte de mim
pesa, pondera:
outra parte
delira.
Uma parte de mim
almoça e janta:
outra parte
se espanta.
Uma parte de mim
é permanente:
outra parte
se sabe de repente.
Uma parte de mim
é só vertigem:
outra parte,
linguagem.
Traduzir uma parte
na outra parte
– que é uma questão
de vida ou morte -
será arte?



11 comentários:

  1. Belo texto, Milene! «o zum-zum dos sonsos é muito audível» - que grande verdade! Agora imagina-te com um presidente da República sonso...

    Beijinhos e ronrons...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E como imagino, Graça... O nosso anterior "não sabia de nada" e a atual parece que não está "entendendo" os protestos...
      Beijocas

      Excluir
  2. Infelizmente, somos obrigados a ouvir o blá, blá, blá dos sonsos em todos os lugares...
    *Tolerância Zero* pra tanta dissimulação!
    Valeu o desabafo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi, meu Pai é um senhorzinho de 91 anos, surdo seletivo. Começo a pensar que devíamos ser assim também e nos preocuparmos apenas com o que realmente for importante. Passo por malcriada as vezes, mas dispenso fofocas bem intencionadas. Beijos, três "M"s do coração.

    ResponderExcluir
  4. Oi Milene, é a Vi, é verdade, não dá para aguentar gente sonsa, até porque o sonso é venenoso, sempre esta acusando destruição onde passa, e quer colocar a culpa na gente..
    As vezes temos que dar um chega pra lá..
    boa semana,beijos,Vi

    ResponderExcluir
  5. Joãozinho Sem Braço é uó, né Milene? Eu sou sem paciência mesmo, e se tiver a oportunidade e se for uma pessoa próxima, eu jogo tudo na cara da pessoa, claro, com um quê de brincadeira, para deixar a pessoa bem sem graça!! Agora se for alguém que nem fede e nem cheira para cima de mim, então ligo o *oda-se e fico feliz, na minha, hehehe!!

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  6. Sou a rainha da paciência e do entendimento.
    Acredito que a pessoa sempre tem seus motivos pra ser do jeito que é e procuro não me deixar atingir por isso.
    Mas confesso que é bem mais difícil ficar impassível quando a situação é de repetição ou por puro egoismo.
    Nessas horas sou totalmente a favor de "rodar a baiana" "a paulista","a gaucha". rs!
    Prefiro não entrar numa briga mas não venha querer me fazer de boba ou abusar da minha paciência...rs!
    Adorei o post!!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Ah como eu queria ser como a Claudia... paciente... mas ela tem toda razão, tudo tem limites até para o mais paciente!

    ResponderExcluir
  8. Eu sou uma pessoa extremamente paciente (menos com alguns membros da minha familia) e quando encontro pessoas sonsas e desagradaveis (os meus acentos nao estao funcionando) eu sofro muito e tento me afastar dessa pessoa, se nao for possivel chega uma hora que viro uma grossa mesmo. Nao gosto que seja assim mas nao tem outro jeito. Eu so quero viver a minha vida em paz sem gente chata por perto.
    Beijos
    Lais

    ResponderExcluir
  9. o zumbido dos sonsos provoca-me urticária. e há alturas em que não consigo ser-lhe indiferente.aí, não me importo de ser, no mínimo, brutalmente sincera. :)

    abraço, milene.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...